sexta-feira, dezembro 09, 2011

#71 - O Gato de Botas (Puss in boots), de Chris Miller

Olha aí o Antonoi Banderas de novo no blog... Hoje estreou O Gato de Botas, nova animação do pessoal da Dreamworks. Fiz a crítica para o Jornal do Brasil, e compartilho com vocês logo abaixo.

A Dreamworks teve uma excelente ideia quando resolveu que um dos personagens mais interessantes da turma de Shrek ganharia um filme só para ele. O Gato de Botas, de certa forma, dá um refresco à franquia do ogro verde, que vinha em desabalada decrescência.

Desta vez, o personagem criado por Charles Perrault no século XVII se envolve numa trama que mistura o pé-de-feijão, seres oriundos de parlendas e até o mito de Zorro, o espadachim justiceiro. Anos após ter sido traído por Humpty Dumpty, seu amigo de infância que tem formato oval, os dois se reencontram e se veem novamente diante de um projeto ousado: plantar os feijões mágicos, subir no castelo do gigante e capturar a galinha dos ovos de ouro - que, no caso, ainda é um pintinho. Quem os acompanha é Kitty, uma gata com habilidades para furtos mirabolantes. Os três também precisam fugir da concorrência de um casal de experientes e temidos bandidos.

A personalidade do Gato de Botas, arisco e egocêntrico, é bem explorada. As piadas funcionam e a edição ousa de vez em quando, criando sequências de ação e perseguição interessantes. As referências aos contos infantis estão lá - assim como em Shrek -, mas de forma bem mais sutil.

No fim das contas, O Gato de Botas é tão interessante quanto o primeiro Shrek. Quem sai ganhando é a criançada, que vai ter mais uma opção de ídolo para virar tema decorativo de suas festas.

Um comentário:

renatocinema disse...

Quero ver o desenho.

Gosto do personagem e seu jeito arisco. kkk