terça-feira, outubro 18, 2011

#54 - Hollywood não surfa! (Hollywood don't surf!), de Sam George e Greg MacGillivray




Desde a década de 50, quando Hollywood resolveu apostar no surf como modismo para os jovens da época, os surfistas são vistos como irresponsáveis e preguiçosos. Esse é o argumento do documentário Hollywood não surfa!, que traz depoimentos de muita gente entendida no assunto - do surfista Laird Hamilton até o diretor Quentin Tarantino.

Após uma breve explanação cronológica das tentativas frustradas em projetar na tela uma história que mostrasse a verdadeira essência do surfe, sem moçoilas dançantes e sem crooners de bermudas apertadas cantando felizes nas areias, o documentário se debruça sobre o que seria a derradeira tentativa. O diretor John Milius, também adepto do esporte, resolve filmar Big Wednesday. O filme, mau recebido pelo público e pela crítica na época de seu lançamento, no final da década de 70, acabou se tornando um clássico cult. Equipe e elenco contam detalhes pitorescos da produção, como a decisão de Milius de levar o set para El Salvador, em meio a uma guerra civil.

Numa das sequências mais interessantes, dois grandes amigos de Milius da época da faculdade de cinema, George Lucas e Steven Spielberg, então começando suas carreiras, resolvem trocar participações em seus filmes. Logo, Contatos imediatos do terceiro grau e Guerra nas Estrelas entram no negócio. Dois estrondosos sucessos de bilheteria, que renderam a Milius alguns bons trocados. Spielberg, para variar, mais preocupado com cifras.

Narrado por Robert Englond, o eterno Freddy Kruger, ele mesmo um dos figurantes de Big Wednesday, Hollywood não surfa! funciona como a absolvição, ainda que tardia, de John Milius - uma vez que defende a tese de que, até hoje, nenhum diretor hollywoodiano levou às telas uma história com a essência do surfe, o que seria algo improvável de acontecer inclusive hoje em dia.

Nenhum comentário: