sexta-feira, janeiro 15, 2010

#2 - Forbidden Zone, de Richard Elfman


Já nos primeiros e caóticos minutos de Forbidden Zone, dá para perceber que estamos diante de uma obra incomum. É estranho, divertido, bizarro e estiloso. Completamente diferente de tudo que já havia sido produzido até então - estamos falando do ano de 1982. Quem escreveu e dirigiu o filme foi a mente fértil de Richard Elfman. Prestou atenção no sobrenome? Mais à frente retomaremos o assunto.

Sente a viagem: o filme conta a absurda história de uma família bizarra que se muda para uma misteriosa casa em Venice, na California. Lá dentro, acredita-se haver uma porta que leva à sexta dimensão. Quando a jovem Frenchy desaparece, a família vai toda atrás dela. E aí, o que se vê é um musical nonsense repleto de cenas insólitas e diálogos, no mínimo, esquisitos - do tipo:

"Te encontro depois! Vou trocar o meu Tampax."

A estética de Forbidden Zone é fantástica! Todos os cenários lembram os cartoons da década de 50. As interpretações são exageradas, como pede o roteiro, com marcações teatrais. Não há qualquer tipo de rigor dramático, o que colabora para tornar tudo ainda mais divertido. Animações gráficas e em stop motion complementam as piadas. Tudo em preto e branco!

O mais bacana, no entanto, é a trilha sonora. Os números musicais são o ponto forte do filme. Lembra do sobrenome? Elfman. Pois Richard é irmão de ninguém menos que Danny Elfman. Aqui, o premiado músico não só assina a primeira trilha sonora para cinema da carreira, como se apresenta, no papel de um diabo, ao lado de sua então recém-criada banda, The Mystic Knights Of The Oingo Boingo. Forbidden Zone ainda conta com a hilária participação de Hervé Villechaize, o Tattoo do antigo seriado Ilha da Fantasia.

Há poucos anos lançaram uma versão colorida digitalmente, autorizada por Richard Elfman. Inclusive, a ideia inicial era que os fotogramas fossem coloridos na China, mas faltou dinheiro para isso e o fime foi lançado em p&b mesmo.

Uma experiência cinematográfica muito louca!

7 comentários:

Kamila disse...

Nunca ouvi falar desse filme antes, Dudu! :-)

Beijos!

bruno knott disse...

Tô que nem a Kamila... esse eu desconhecia. Certamente os caras estavam chapados quando fizeram. Interessante...

Mescla de culturas disse...

Parece "hilário"!
No melhor sentido da palavra!

Cleidson Lourenço disse...

Eu tinha lido sobre ele no site oficial de Danny Elfman. Segundo ele, foi um mico total e só serviu para mostrar que ele não tem talento cênico nenhum. Ele disse que nunca atuaria novamente (só cantaria em animações, rsrsrs).

Onde compro esse filme?? Indicação?

Vulgo Dudu disse...

Kamila, é bastante divertido. Além de ser interessante ver o Danny Elfman no começo da carreira.

Bruno, é uma das coisas mais loucas que eu já vi. Mas também é bastante divertido.

Mescla de culturas, é isso mesmo: hilário!

Cleidson, acho que para comprá-lo você deve procurar em sites gringos. Por aqui, deve ser praticamente impossível... No entanto, há torrents disponíveis! Dá uma procurada no Isohunt. Eu baixei lá.

Bjs e abs!

jeff disse...

haha Isso deve ser muito bom. A bizarrice de The Rocky Horror Picture Show parece fichinha perto desse né?
Ontem assisti um musical muito bom,
Joseph and the amazing technicolor dreamcoat e senti uma imensa saudade de ver filmes do gênero. Verei se acho esse, mas é bem raro né?

[]s!

Vulgo Dudu disse...

Jeff, este é mais politicamente incorreto. Bem mais, diria. É um filme raro, mas nossas amigas torrents já cuidaram disso pra gente. É só catar e ter um pouco de paciência, pois são poucos seeders.

Abs!