segunda-feira, novembro 23, 2009

#127 - O longo amanhacer, de José Mariani


Certa feita estava eu andando pelo Centro, durante um breve intervalo nos meus estudos para a prova do BNDES. De repente, me deparei com uma espécie de feira estudantil, de caráter marxista, cujos expositores vendiam livros e filmes sobre assuntos ligados à política e sociologia. E qual não foi minha surpresa ao me deparar com a cinebiografia de Celso Furtado - justamente um dos autores que constam na bibliografia indicada!

O roteiro de O longo amanhecer traça uma linha cronológica que cobre toda a vida e a obra de Furtado, da infância modesta no Nordeste, passando pelos cargos públicos, até o reconhecimento internacional. Adicionando uma boa dose de história, sociologia e antropologia aos conceitos econômicos vigentes no Brasil pós-moderno, seu livro "Formação econômica do Brasil" - o tal indicado na bibliografia - é um best seller, traduzido para várias línguas e editado em diversos países. Furtado buscou entender as raízes da formação social brasileira para explicar o subdesenvolvimento. Sua análise vai desde o ciclo do ouro, passando pela aposta no café e acabando na política de substituição das importações.

O filme, dirigido por José Mariani, é bastante interessante. Tem depoimentos consistentes e presta uma homenagem pertinente a alguém que tentou libertar o Brasil da dependência dos ditos países desenvolvidos. Valeu a pena vê-lo como material de apoio.
E, só para constar, não caiu nenhuma questão sobre ele na prova...

3 comentários:

Mariana disse...

hahaha... e a gente achando que Celso ia bombar na prova! A gente não sabe de nada...

Kamila disse...

Não caiu mesmo nenhuma questão sobre Celso Furtado. Ainda bem! :-)

Também fiz essa prova do BNDES. Mas, não estudei tanto assim, não! rssrsrsrsrsrsrrsrrs O trabalho não dá tempo livre! rsrsrsrsrs

Beijos e boa sorte!!!

Vulgo Dudu disse...

Mariana, pois é, menina... E a gente estudando gerenciamento de crise também, né? A moda agora é produção gráfica, refilagem, moiré.

Kamila, e quem disse que tinha tempo livre? hahahaha! Tive que ralar um bocado! Meu dia começava 15 pras 6 da manha e seguia ate 22 horas em alguns dias...

Bjs, meninas!