quarta-feira, setembro 23, 2009

#101 - Aconteceu em Woodstock (Taking Woodstock), de Ang Lee



O argumento do novo trabalho de Ang Lee faz menção ao histórico concerto que reuniu milhares de pessoas em uma fazenda no interior de Nova York e cuja realização completa 40 anos. Porém, quem espera números musicais e imagens de arquivo dos ídolos daquela geração, como Joe Cocker, Joan Baez, Janis Joplin e Jimi Hendrix, pode sair frustrado da sala de cinema. É exatamente esse o barato de Aconteceu em Woodstock: contar a história de quem estava envolvido na realização do evento.

O filme é baseado no livro homônimo de Elliot Tiber, que na tela é interpretado por Demetri Martin. Preocupado em livrar os pais da ameaça de perder uma pequena hospedaria, ele tem a ideia de trazer à cidade um festival envolvendo hippies cancelado perto dali. Porém, o evento toma proporções gigantescas. Elliot precisa lidar com o público, com a imprensa e com a desconfiança da população local, que teme uma invasão bárbara.

A fotografia e a direção de arte são os pontos fortes de Aconteceu em Woodstock. O cenário apoteótico é recriado com extrema verossimilhança, ainda que nenhuma cena de arquivo seja exibida. A câmera passeia pelo entorno do festival e guia o espectador pelos bastidores, sempre à distância considerável do palco. Em meio ao drama pessoal, o protagonista encontra personagens e vivencia experiências que refletem a proposta de música e paz daquela geração.

Papel e caneta:

SEX (25/09) 16:30 Espaço de Cinema 1
SEX (25/09) 23:30 Espaço de Cinema 1
SAB (26/09) 16:30 Cinemark Downtown 1
SAB (26/09) 21:30 Cinemark Downtown 1
DOM (27/09) 14:00 Roxy 3
DOM (27/09) 19:00 Roxy 3
QUI (1/10) 13:00 Est Vivo Gávea 5
QUI (1/10) 19:50 Est Vivo Gávea 5
QUA (7/10) 16:30 Leblon 1
QUA (7/10) 21:30 Leblon 1

9 comentários:

Bruno disse...

Eu fiquei muito na expectativa de saber como era o filme, mas não fui assistir pois tava com o "pé atras" de não ser tão bom.

Mas agora tenho motivos!

;)

T1460 disse...

Na verdade, acho mais interessante essa abordagem sobre a organização do festival. Os shows já foram vistos incansavelmente em DVDs, pelos interessados neles.

Rafael Carvalho disse...

Inveja é a palavra! Aproveite batante o Festival do Rio, meu caro. E vai contando o que você vai vendo!

Misturas de Culturas disse...

Mas já... rs !!! Que privilégio !
Amanhã eu começo ! abçs

Pedro Henrique disse...

Pô, legal que você está conseguindo acompanhar o festival. Eu quase consigui escapar aí pro Rio, mas não deu! Boas sessões!

Alex Gonçalves disse...

Sério que a ação do filme se move "distante" do palco? Acabei de fazer um comentário sobre este filme de Ang Lee em outro espaço virtual, mas não constava este detalhe. Pelo aviso, talvez eu me frustre. :-(

Vulgo Dudu disse...

Bruno, é bem interessante. Mas talvez, se você tenha que escolher a dedo os filmes do festival, seja melhor deixar esse para quando entrar em cartaz no circuitão!

T1460, você tem TODA a razão!

Rafael, vou tentar fazer uma cobertura off bacana por aqui. E na M... vamos cobrir a mostra Midnight Movies. Conto com seu apoio!

Misturas, foram as cabines de imprensa! Bom festival para todos nós!

Pedro, valeeeeeeu! Programa-se, de repente, para o ano que vem! Porque vale a pena!

Alex, mas é justamente isso que, na minha opinião, torna o filme interessante.

Abs!

Paola disse...

Este aí eu não quero perder...

Vulgo Dudu disse...

Paola, ele entra em cartaz no circuitão brasileiro no dia 15 de janeiro do ano que vem. Falta um pouco, né?

Bjs!