quinta-feira, julho 09, 2009

#71 - Bem-vindo (Welcome), de Philippe Lioret


No mesmo dia, hora e local em que acontecia a cabine de imprensa do badalado Jean Charles, era exibido à imprensa o filme francês Bem-vindo, de Philippe Lioret. Para a sessão do primeiro, distribuição de brindes, farto café da manhã e sala cheia. Já para o segundo, apenas uma dúzia de espectadores - me inclui aí. Não vi o filme do Selton Mello, por isso não posso fazer juízo sobre o mesmo. Porém, fato é que, ao final da sessão de Bem-vindo, minha vontade era de dizer a quem viu Jean Charles: perdeu um filmaço!

O roteiro é daqueles que conseguem extrair de um argumento aparentemente simples toda uma reflexão sobre superação sem cair em excessos ou clichês. Conta a história de um jovem curdo, em fuga da guerra no Iraque, que tem como objetivo ir à Inglaterra encontrar sua namorada. Quando chega à França, porém, é impedido de atravessar o Canal da Mancha pelas autoridades. Decide, então, atravessá-lo a nado. Detalhe: ele não sabe nadar. É daí que surge a amizade com um professor de natação, divorciado e desacreditado, que resolve ensinar o garoto a dar as primeiras braçadas.

A direção de Lioret funciona muito bem, fazendo com que a tal "mensagem", que na maioria das produções do gênero é atirada violentamente contra a plateia, se dê de forma lenta e gradual. Sendo assim, não há diálogos marcantes, atuações exacerbadas, trilha sonora emotiva ou final didático. Ao invés disso, o filme aborda de forma testemunhal uma série de conflitos, sejam eles religiosos, étnicos ou humanitários. O ritmo da narrativa vai crescendo até culminar em um último ato verdadeiramente lindo, maravilhoso! E o melhor: sem uma gota de sentimentalismo barato.

Saí da sala de projeção pleno. Um filmaço!

11 comentários:

Tonn disse...

Valeu pela indicação!

Airton disse...

opaa
vlw tbm pela indicaçao vo bota na lista heheh

hj sai coisa nova no blog
abraço

Kamila disse...

Se vem com essa excelente recomendação, não posso perder esse filme de jeito nenhum.

Beijos!

Kamila disse...

Tem selo para você lá no blog.

Rafael Carvalho disse...

Então Dudu, assisti a Jean Charles hoje e fique bastante satisfeito com o filme, emocionante sem ser panfletário. Mas fiquei super interessado nesse Bem-Vindo. Parece o tipo de filme que pouco chama atenção, mas vale a pena ver.

Pedro Henrique disse...

Parece ser um filmaço, quero ver!!!

Abs, Dudu!

Alex Gonçalves disse...

Dudu, conhecia a fita, mas até parece que iria passar em telas andreenses. Quando eu encontrar um Torrent irei baixar. E eu nunca fui em uma sessão de imprensa de um filme. Sério que é todo esse "luxo"? O que as distribuidoras não fazem para "comprar" a crítica, né? Rs.

Abraços!

Vulgo Dudu disse...

Tonn, de nada!

Airton, vale a pena ficar de olho.

Kamila, e depois quero ler sua opinião sobre o filme!

Rafael, pois é, como escrevi aí, não vi Jean Charles. Porém, para mim, acho difícil superar Bem-vindo.

Pedro, é um filmaço, acredite!

Alex, normalmente não há essa pompa toda. Quando os filmes são de grandes distribuidoras, até rola um pão de queijo com café. Porém, a maioria não tem isso. No caso do Jean Charles, justifica-se a badalação...

Bjs e abs!

Ygor Moretti Fiorante disse...

tENHO LIDO OTIMAS CRITICAS SOBRE O FILME , INCLUSIVE NA REVISTA BRAVO DESSE ~MÊS CITA UMA RELAÇÃO DE FILMES Q TRATAM DA QUESTÃO DOS IMIGRANTES, JEAN CHARLES, bEM VINDO, ENTRE OS MUROS DA ESCOLA, EXILIOS E COISAS BELAS E SUJAS.

PRETENDO VER EM BREVE.

DEIXAREI O CINEFILOEU? NOS LINKS DO MOVIEMENTO

ABRAÇO!!

Vulgo Dudu disse...

Ygor, Ben-vindo é um filmaço, mas acho que ainda não entrou em cartaz. Estava previsto para sexta passada. Vale a pena conferi-lo. Obrigado pela visita e pelo link - vamos trocando impressões!

Abs!

Celia disse...

Amei esse filme conflituoso, que trata de amores e desamores, fugas, encontros e desencontros.
Maravilhoso, muito lindo mesmo.