quarta-feira, junho 17, 2009

#62 - Trama internacional (The international), de Tom Tykwer


Definitivamente, não sou afeiçoado aos filmes de espionagem internacional. Não compro a história, não me envolvo, não me movo. Trama internacional comprova a afirmação. O filme não é ruim: tem boa direção e bons atores. Já o argumento...

O roteiro gira em torno de um banco inescrupuloso que compra armas e fomenta conflitos em países do Terceiro Mundo. Das dívidas geradas pela guerra vem o seu pró-labore. Clive Owen interpreta um agente da Interpol em busca de um depoimento que possa incriminar a instituição financeira. Então, começa a paranoia. Todo mundo que chega perto da verdade é eliminado sumariamente.

Em primeiro lugar, há um physique du rôle maniqueista demais. Os mocinhos são belos, dedicados e altruístas. A musa Naomi Watts, que impressionou o mundo em Cidade dos Sonhos ao contracenar com Laura Harring em uma das cenas mais provocantes já feitas na tela grande, faz o papel de uma agente que ajuda o personagem de Owen. Já os bandidos, malvados, frios e calculistas, têm o olhar sisudo, sério e ameaçador, além de falar com forte sotaque. Acontece também que as motivações de todos os envolvidos não são bem exploradas. O roteiro corta caminho para chegar logo à ação. Ou seja, nenhuma atuação é surpreendente, mesmo sendo notório o talento dos atores.

Porém, há pontos positivos. A cena de tiroteio em pleno Guggenhaim é de se tirar o chapéu, extremamente bem feita e dirigida. O desfecho também mantém a dignidade, fugindo dos clichês mais comuns ao gênero. Talvez, quem goste de filmes sobre espionagem, teorias conspiratórias e corrupção política tenha a oportunidade de ver uma produção bem acabada e um pouco diferenciada.

Infelizmente, não é o meu caso.

PS: o filme tem estreia marcada para 19 de junho. Ou seja, nesta sexta.

7 comentários:

Gabriel Von Borell disse...

Tem alguns filmes de espionagem que eu acho interessantes .

Abraços .

Ramon disse...

Já eu, achei um filmaço!
A cena do tiroteio é mesmo, muito boa.

Amanhã minha crítica vai ao ar.

Abs!

Airton disse...

eaee
cara nao gostei do filme hehe

mais noticias de cannes la nu blog apartir das 23 de hj
abraçoo

http://publicandobr.blogspot.com

culturadinamica disse...

Olá estou passando para deixar um Selo como forma de reconhecimento da qualidade do teu blog. Passa lá no meu blog e pegue-o

culturadinamica.wordpress.com

Abraços

Vulgo Dudu disse...

Gabriel, eu gosto apenas de dois ou três... Acho a maioria bem chato. Mas esse aí eu teria gostado muito se gostasse de filmes de espionagem! rs...

Ramon, então você curte um filme de espionagem, né?

Airton, passarei no seu blog.

Cultura Dinâmica, muito obrigado pelo selo, valeu mesmo! Fico contente em ter meus escritos reconhecidos. Volte sempre por aqui.

Abs!

Alex Gonçalves disse...

Cara, eu adoro os filmes do Tom Tykwer! "Perfume" e "Corra, Lola, Corra" são coisas de outro mundo. Mas eu admito que, assim como o senhor, não curto muito filme de espionagem internacional. É por isso que até hoje não vi o filme, ainda que tenha a Naomi Watts, a amiga da melhor atriz do mundo! :P

Vulgo Dudu disse...

Alex, então é capaz de você reconhecer certo valor no filme, mas não se empolgar também.

Abs!