quinta-feira, junho 11, 2009

#58 - Berlin Alexandreplatz (Episódio 11 - Saber é poder e Deus ajuda a quem cedo madruga), de Rainer Werner Fassbinder


Faltam apenas dois episódios e o epílogo para terminar de assistir a Berlin Alexanderplatz, o marco do Novo Cinema Alemão. Depois de uma certa amansada na trama, Franz Biberkopf volta a ter sua vida virada de cabeça para baixo. O décimo-primeiro capítulo é, até agora, o mais brutal e perturbador, com cenas de extrema dramaticidade e violência.

Em um acesso de raiva, o protagonista quase comete um outro assassinato, em uma cena absurdamente bem dirigida e interpretada. O texto também ganha contornos mais sombrios, e nos prepara para o turbilhão de acontecimentos que vão se dar nos próximos episódios. A trama, ao que parece, deve ficar ainda mais sórdida.

Outro dia me perguntaram por que não via logo todos os episódios de uma vez, em uma espécie de maratona. Pois bem, explico: cada capítulo de Berlin Alexanderplatz tem uma complexidade diferente. Não é como assistir, por exemplo, a uma temporada de Two and a half man ou Simpsons (ambos ótimos). É preciso um tempo para digerir a história e entendê-la em seus diversos aspectos. Estamos diante da obra-prima difícil, densa e envolvente.

Fundamental para quem quer ter repertório cinematográfico.

Nenhum comentário: