terça-feira, maio 19, 2009

#54 - Uma noite no museu 2 (Night at the museum: Battle of the Smithsonian), de Shawn Levy


Em primeiro lugar, é preciso confessar que não conferi o antecessor de Uma noite no museu 2. Por pura e mera falta de interesse mesmo, apesar de gostar muito do trabalho de Ben Stiller. Sendo assim, me falta base para compará-los. Porém, não é que a tal continuação me impressionou positivamente?

Longe de dar aquela vontade de sair correndo e arrumar o primeiro filme da série. Trata-se de um blockbuster na raiz, daqueles de orçamento milionário e de grandes proporções. Tudo é grandioso: elenco, cenários e figurinos. Não é à toa que foi filmado em um dos maiores (não podia ser diferente) e mais visitados complexos de museus dos Estados Unidos, a Instituição Smithsonian, em Washington.

Tirando os clichês, os buracos no roteiro, os exageros, a lição de moral, a estátua de Abraham Lincon encarnando o herói estadunidense que salva o dia e o plot amoroso envolvendo o protagonista e a mocinha, até que se trata de um bom passatempo! O roteiro é mais do mesmo: o ex-segurança de museus e agora homem de negócios bem sucedido Larry Daley precisa salvar seus amigos inanimados que voltam à vida à noite quando eles são transferidos para o tal Smithsonian. No subterrâneo do museu, uma verdadeira batalha histórica será travada.

As piadas são boas, ligeiras e na dose certa, sem forçação de barra. Porém, o destaque é o elenco. Principalmente os que interpretam os vilões. Napoleão (Alain Chabat), Ivan, o Terrível (Christopher Guest) e Al Capone (Jon Bernthal) são algumas das figuras que voltam à vida em atuações convincentes e engraçadas. Elas entram para o exército de um maligno faraó com planos de dominar o mundo, interpretado por Hank Azaria, que rouba a cena! Sua caracterização rende os melhores momentos de todo o filme, incluindo uma sequência impagável quando barra a entrada de dois vilões nada convencionais ao seu grupo.

Um bom divertimento tanto para crianças, quanto para os adultos que as levarem. Por incrível que pareça, eu dei algumas boas risadas! E não levei criança nenhuma.

11 comentários:

Bebel Clark disse...

queridooooooo!!!

saudades suas! como tá essa vida???
seguinte, meu blog mudou pra http://bebelclark.blogspot.com

atualiza ai...

bjsss

altieres bruno machado junior disse...

Olá

Também não acompanhei o primeiro filme, mas como vc disse este deve ser um ótimo passa tempo. Vou conferir sim, acho que vou gostar : )

até mais...

Robson Saldanha disse...

Existem alguns filmes que temos que se despir da roupa crítica e compreender que a diversão vem em primeiro lugar, pra ser um passatempo como falou, deve valer a pena!

T1460 disse...

O primeiro filme possui os clichês e lições de moral citados, mas também achei divertido, mostrando figuras históricas de uma maneira diferente da convencional.

Não vi este!

Kamila disse...

O primeiro filme dessa série foi um barato. Roteiro louco, mas com piadas legais e um elenco afiado. Parece que essa continuação mantém o nível. E eu quero assistí-la.

Beijos!

Airton disse...

falaa caraa
nao me atraiu mto o primero assisti soh por assistir

homenagem a james stewart no blog
http://publicandobr.blogspot.com/2009/05/o-aniversario-de-james-stewart.html
o maior ato de tds

Vulgo Dudu disse...

Bel, que saudades de você, moça! Vou atualizar é agora esse link.

Altieres, como passatempo é inofensivo. Até vale o ingresso. Que eu não precisei pagar... rs...

Robson, mas mesmo "pelado da crítica" tem filmes que não descem. Eu sou a favor do filme debochado, do pastiche. Nada de ficar se levando a sério. Esse aí quaaaaaaaaaase desanda a maionese. Mas, ok! Sem comprometimentos, sem compromissos maiores.

T1460, então provavelmente você vai curtir esse. Estreia nos cinemas nesta sexta aqui no Rio.

Kamila, as piadas e o elenco são realmente o forte desta continuação. Destaque total para Hank Azaria!

Airton, então: assista esse segundo só por assistir e voê pode até dar umas risadas!

Bjs e abs!

Kamila disse...

Verdade??? Eu achei Azaria tão exagerado no trailer!!!

Beijos!

Surfista disse...

Eu vi na pré-estreia. Tive as mesmas impressões que você. A cena com o Darth Vader e com o boneco da Vila Sésamo é ótima!

Surfista disse...

Aliás, o nome do boneco é Elmo?

Vulgo Dudu disse...

Dougra, o Elmo era bonzinho! Participava até daquele programa Frugal Gourmet, no GNT. O do filme é o Oscar, the Grouch. Ele quer ser mau, mas sempre se dá mal!

Abs!