segunda-feira, abril 27, 2009

#47 - Super High Me, de Michael Blieden


Tudo começou com uma piada durante um número de stand up comedy. O comediante Doug Benson, conhecido por ser o maconheiro #2 dos Estados Unidos, sugere um filme aos moldes do documentário Super Size Me. Diz ele que, se um monte de gente pagou para ver um sujeito se entupir de comida do McDonald's e, depois de 30 dias, passar mal, ele também tem um filme. Só que o dele vai se chamar Super High Me. Durante um mês, ele vai fumar maconha todo o dia, o dia inteiro!

Pois a piada virou realidade. Ao lado do diretor Michael Blieden, Doug resolveu ser a cobaia deste insólito experimento cinematográfico. E o resultado é realmente bastante divertido, ainda mais porque o que comediante pretende é justamente mostrar como é possível viver chapado por tanto tempo.

Para que o argumento funcionasse de maneira correta, o filme foi dividido em dois atos. No primeiro, o comediante passou por uma espécie de desintoxicação: 30 dias sem puxar um fumo. Durante o período, contou com acompanhamento médico e psicológico, além de se submeter a um hilário teste de clarividência. No segundo ato, começou a danação. Aproveitando-se da lei do estado da California, que autoriza o comércio medicinal da droga, ele foi à forra.

Esquema profissional. Ao invés de apertar e acender um cigarro do capeta, Doug usa um vaporizador que armazena em um saco plástico somente o THC, livre de monóxido de carbono e outras impurezas. Novamente, passa por exames, consultas e testes, inclusive o que pretende provar que a maconha aumenta a tal capacidade de clarividência.

O documentário até aborda questões interessantes, como a luta pelo uso terapêutico da maconha em determinadas patologias. Porém, não se engane: trata-se de uma piada infame filmada, com temática adulta e politicamente incorreta.

No fim das contas, Super High Me e Super Size Me se complementam, já que muita gente mata a larica no McDonald's.

11 comentários:

Ciro Hamen disse...

esse filme parece ser hilário. já faz tempo que ouço falar sobre. adoro esse humor chapado, tipo seguando as pontas, beavis and butt-head, dazed and confused. vou procurar sem falta!

abraços!

nitzombies disse...

"No fim das contas, Super High Me e Super Size Me se complementam, já que muita gente mata a larica no McDonald's."

AHEUAHEAUHEUAHUE... esse comentário já valeu o post inteiro.

Mas ai, curiosa a ideia do cara e corajosa também!!! Com certeza vou conferir. Abraços!

Airton disse...

cara vo baxa isso
deve ser mto loco ainda nem vi o outro mas esse chamo a atençao
shaushau

Kamila disse...

Desde que li sobre você vendo esse filme, no Twitter, que fiquei curiosíssima para ver o que irias escrever sobre ele. Gostei da forma como você abordou o filme.

Beijos!

T1460 disse...

PRECISO ver! E não... Não fumo hahahaha.

Vulgo Dudu disse...

Ciro, é realmente para quem curte um humor mais livre, sem amarras morais. Portanto, grandes chances de você gostar!

Nitzombies, o comediante mesmo disse que o problema dele foi ter visto Super size me chapado! rs...

Airton, faça isso então: veja primeiro o Super Size Me, que é muito bom também, e depois veja o Super High Me!

Kamila, estou na temática da fumaça, não é? rs...

T1460, nem precisa ser adepto da erva para curtir o filme! Depois diga o que achou!

Bjs e abs!

Pedro Henrique disse...

Eu não gostei muito do Size Me, mas vi com curiosidade, a mesma que tenho em relação a High Me.

Abs!

CINECLUBE disse...

te falei que era bom...hehehe o cara e hilario!
melhor e o medico dele que fuma um e fica tentando manter a linha.
da um confere no wallpaper do laptop dele..REEEFER MADNESS..
que tbm vale o confere do remake q rolou...tbm hilario!!
vlw dudu abracao
beto

Kamila disse...

Lembrou-se do que eu escrevi.. rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

jeff disse...

hahaha! A piada no final foi ótima. Pô, fiquei muito curioso ao ler o texto, não estava inicialmente só pela ideia do doc. Que seja melhor que Super Size Me, que eu não gosto.

[]s!

Vulgo Dudu disse...

Pedro, a diferença é que este aqui é uma piada filmada. Não tem a "denúncia" que o Size me carrega. Ou seja, talvez você goste.

Tobé, companheiro, valeu mesmo pela dica! Além de entender de filmes de terror você é mestre nessas peças underground! Ah, baixei o Reefer madness!

Kamila, só não presto mais atenção no Orkut! Twitter é o brinquedo novo!

Jeff, eu até gosto de Super Size Me. Esse aqui é uma piada em cima do filme. Ou seja, é bem divertido!

Bjs e abs!