quarta-feira, abril 22, 2009

#44 - Vanishing point, de Richard C. Sarafian


Esqueça aqueles programas policiais que mostram perseguições em alta velocidade nas estradas estadunidenses! Esqueça também Vin Diesel dirigindo aqueles carros tunados, com o braço para fora e beicinho de mau. Vanishing point é o road movie. E Kowalski é o cara!

O filme é uma das referências cinematográficas citadas em Death proof, de Quentin Tarantino. A bordo de um Dodge Challenger 70 branco, o ex-piloto Kowalski precisa ir de Denver até São Francisco em apenas dois dias. Ou seja, tem que descer o pé no acelerador. Porém, no caminho, vai precisar enfrentar barricadas policiais, obras de contenção, falta de gasolina e motoristas alucinados. Está dado o ensejo para um espetacular filme de perseguição.

A direção de Richard Sarafian, bem como a montagem de Vanishing Point, impressionam. A primeira cena é extremamente bem conduzida e prega o espectador na poltrona. Para melhorar, a trilha sonora reúne o melhor do início da década de 70. Funk, soul, blues e rock da melhor qualidade, que combinam perfeitamente com velocidade.

Em meio a paisagens desérticas, Kowalski e seu Dodge Challenger são guiados por um DJ cego, que o transforma em uma verdadeira celebridade, espécie de anti-herói. Poucos diálogos, pouca enrolação e muita correria. Nem precisa de mais. As fugas e escapadas são realmente espetaculares. Impossível não torcer para a Polícia Rodoviária se dar mal!

Dá até vontade de ter um Challenger branco...

8 comentários:

Luiz Mendes Junior disse...

Zoe Bell que o diga, rs!

Kamila disse...

Nunca tinha ouvido falar neste filme antes, mas ele parece ser legal.

Beijos!

nitzombies disse...

Pois é, nunca havia ouvido falar dele e também não peguei a referência a ele em Death Proof. Fiquei realmente com vontade de assistir, ainda que não seja fã de perseguições. Mas, claro, sei apreciar quando estou diante de algo bem feito.

Falow!!

Márcio Silva disse...

E tem gente que acha que eu sou maluco por querer uma réplica do General Lee... hehehehe

Vulgo Dudu disse...

Mendes, é uma bela referência, hein?

Kamila, vai na fé que é muito bacana! Você que curte o bom cinema deve gostar.

Nitzombies, não é como perseguições de velozes e furiosos e playboys. Nada disso! É cinema de qualidade. Eu arrisco que você vai gostar...

Márcio, eu nunca disse isso, hein? rs...

Bjs e abs!

L. M. de Souza disse...

gostei muito desse filme.

Vulgo Dudu disse...

LM, eu acho que muito mais gente também gostaria se o filme estivesse mais acessível, concorda?

Abs e volte sempre!

Anônimo disse...

isso msmo...Mopar We Aways Win!!!
e viva o Challenger R/T