sexta-feira, março 20, 2009

Luz, câmera... canção! - Interpol

Interpol é uma das minhas bandas preferidas. E os caras escolheram justamente o dia 13 de março do ano passado, o dia em que minha filha nasceu, para se apresentar aqui no Rio.

O segundo álbum, Antics, não é o melhor. Porém, é ele que tem a melhor música do quarteto novaiorquino, "Evil". Muito se especula a respeito do significado da letra. Já ouvi dizer que é sobre a libertação de uma serial killer chamada Rosemary West, que matava crianças em uma van - tipo a kombi que pega criança. Porém, no videoclipe, tudo começa com um acidente automobilístico. Então, vemos um boneco bizarro sendo atendido pelos bombeiros. O clima do vídeo é sombrio como a música e a banda. Vale o confere!

5 comentários:

Denis Torres disse...

Dudu, infelizmente o Brasil não é um país a ser levado a sério. Dito isto, o Clodovil era uma figura cômica no cenário nacional mas que tinhas certas qualidades, mesmo que você não gostasse do humor ou jeito dele. É lógico que ele não fez merda nenhuma, primeiro porque arranjava muita encrenca por falar as coisas na cara e segundo por não ter jeito pra política mesmo. Agora compará-lo com figuras nefastas como Maluf é demais, que prejudicou a cidade de São Paulo de maneira estrondosa. O Clodovil era até um santo perto de gente assim e o post é mais no sentido de lembrar a celebridade que ele era. Nada mais que isso. Abs.

Denis Torres disse...

Muito legal o vídeo e a música da banda. Abs!

Kau Oliveira disse...

Eu não conhecia a música, mas já tinha ouvida falar da banda, óbvio. Gostei MUITO do vídeo e vou baixar umas músicas e ver qual é a da banda, rsrsrs.

Abs!

Kamila disse...

Já ouvi falar bastante desta banda, mas nunca a tinha escutado antes até o dia de hoje. E gostei de Interpol!

Beijos!

Vulgo Dudu disse...

Denis, olha que eu nem comparei o Maluf com Clodovil - apenas listei alguns dos representantes escolhidos, em pleno pleito democratico, pelos eleitores da metropole mais importante do Brasil. Mas podemos comparar os dois em materia de inercia e incompetencia politica. Na boa, Clodovil, na minha opiniao, era ridiculo e em nada acrescentou ao pais. Teve la sua importancia na televisao, mas como estilista - nao como apresentador e entrevistador, coisa que fazia sem nenhum discurso autorizado. Seus programas eram de pessima qualidade. Mas parece que estou sozinho nessa observacao, visto que muita gente anda homenageando o cara.

Kau, recomendo comecar pelo comeco rs... Baixe o disco Turno on the bright lights, que voce pode escutar tranquilamente de cabo a rabo!

Kamila, nunca e tarde para os bons sons. Que bom que gostou!

Bjs e abs!