quinta-feira, janeiro 29, 2009

#11 - Common-law cabin, de Russ Meyer


Depois de algumas semanas, consegui finalmente toda a filmografia de Russ Meyer, um dos meus diretores prediletos! O primeiro dessa leva de mais de 2GB é Commom-law cabin, uma produção feita em 1967, imediatamente após o sensacional e original Mondo Topless.

Mais uma vez, os ingredientes que fazem de Meyer um diretor realmente diferente: mulheres com seios enormes, decotes insinuantes e roupas de baixo provocantes em sequências cheias de malícia e humor. Porém, o interessante é notar que, diferentemente da produção anterior, que mostrava as melhores strippers do mundo balançando os peitos freneticamente, não há nu. Tá bom, tem uma bundinha de leve durante algumas tomadas aquáticas - recurso, aliás, muito moderno para a época.

O roteiro... Ah, o roteiro pouco importa. Mas tem. Trata-se da história de um homem misterioso que chega, junto com um casal, a um remoto bar falido à beira do Rio Colorado. Ele tenta comprar o lugar, mas o dono se recusa a vender. O homem passa então a assediar todas as mulheres para tentar fazer com que seu maligno plano dê certo.

Não é nem de longe o melhor trabalho de Meyer. Porém, tem tudo o que se espera de um filme dele! Diversão na certa!

5 comentários:

Kau Oliveira disse...

Russ Meyer foi o diretor de De Volta ao Vale das Bonecas?! Se for, sei quem é. Mas não vi nenhum filme dele.

Abraços!

Rafael Carvalho disse...

Velho, esse tipo de filme (trash?) é a sua cara.

Ramon disse...

Não conheço autor nem obra. Tenho que me inteirar.
A capa é um atrativo à parte.

Abs!

Kamila disse...

Concordo com o Rafael. Este tipo de filme, diferente e com estilo próprio, é a sua cara, Dudu! Só você mesmo para criticar um longa assim - e isto é um elogio!!! :-)

Beijos e bom final de semana!

Vulgo Dudu disse...

Kau, é ele mesmo! Vale a pena conhecer a obra do Meyer. É uma estética toda diferente.

Rafael, confesso ter uma queda por filmes B. São filmes um pouco melhores que os trash... É bom mesmo!

Ramon, isso é porque você não viu as outras capas! hahahaha! E o que tem dentro, com certeza, não vai lhe decepcionar.

Kamila, muito obrigado pelo elogio! Eu adoro esses filmes e Meyer é um dos meus diretores favoritos! Agora que baixei a filmografia dele, logo mais tem outras resenhas por aqui.

Bjs e abs!