quinta-feira, novembro 27, 2008

#94 - Berlin Alexanderplatz (Parte 4 - Um punhado de gente nas profundezas do silêncio), de Rainer Werner Fassbinder


No quarto episódio da série filmada mais longa da história, Franz Biberkopf, ainda sem barba e nem um pouco parecido com De Niro ou Val Kilmer, se entrega à bebida. O protagonista passa a morar em uma espécie de cortiço, onde funciona um depósito de bebidas no andar térreo.

De tanto beber cerveja, Franz acaba adoecendo. Ele conhece um misterioso homem que foi enfermeiro na guerra e que promete o curar. De tão bêbado, ele chega até a recusar uma mulher, logo ele, e é humilhado aos berros de "broxa".

O texto começa a ficar pesado nesta quarta parte da história. Por consegüinte, começa a ficar melhor! A vida de todos os moradores do local é esmiuçada. Os efeitos da miséria que assolava grande parte da Alemanha no período entreguerras fica cada vez mais evidente. É também cada vez mais flagrante a idéia de que Franz não vai aguentar por muito tempo a idéia de levar uma vida honesta.

E olha que não estou nem na metade...

2 comentários:

Kamila disse...

Parece que este quarto capítulo será o ponto de virada na história da série. Estou gostando de ler cada post que você tem feito sobre Berlin Alexanderplatz.

Vulgo Dudu disse...

Kamila, que faro, hein? É isso mesmo. No próximo episódio ele já conhece umas pessoas estranhas... Aguarde!

Bjs!