quinta-feira, novembro 20, 2008

#90 - Loucos por nada (Eagle vs. shark), de Taika Cohen


Vem da Nova Zelândia, terra dos Maori, guerreiros tatuados, e de Peter Jackson, um filme que ganhou notoriedade nos cinemas estadunidenses depois que foi exibido no Sundance Festival do ano passado. É independente, é estranho, mas é fofo.

Seguindo a linha das comédias românticas sobre desajustados sociais, até que Loucos por nada não faz feio. Fruto da oficina de roteiros do festival de Redford, o filme narra a relação nada normal de uma balconista de uma lanchonete fast food com um viciado em videogames. O casal se encontra em uma festa na qual é preciso ir fantasiado como seu animal preferido. Ela vai de tubarão e ele, de águia.

Está preparado o cenário para situações insólitas, diálogos surreais e personagens pouco convencionais. Os mesmos ingredientes que fizeram de Napoleon Dynamite, por exemplo, um grande sucesso nos Estados Unidos entre o público jovem. Loucos por nada seguiu a mesma trilha, apesar da procedência neozelandesa.

O ator, diretor e roteirista Taika Cohen (é nome masculino) mostra que aproveitou bem as aulas nas oficinas de roteiro. Criou uma história bacana, com trilha sonora esperta e inserção de animações em pixilation (aquela técnica de fotografias em seqüência). Nada mal para uma comédia romântica!

Pena que a safra atual de filmes da Nova Zelândia seja tão parecida com o cinema estadunidense. Logo eles, que tem uma cultura aborígene tão interessante...

3 comentários:

Kau disse...

Dudu, adorei a premissa. Parece ser um filme muito interessante e espero ser fácil de achá-lo...

Achei Napoleon Dynamite bem legal... algo até originalzinho!

Abraços!

Kamila disse...

Dudu, eu não gostei NADA de "Napoleon Dynamite". Por isso, fico meio com o pé atrás com este filme neo-zelandês.

Vulgo Dudu disse...

Kau, eu achei numa locadora de posto de gasolina, daquelas que não fazem acervo, escondidinho na prateleira de comédia, lá no canto. Foi, inclusive, uma locação cortesia. Acredito que deva ser fácil de encontrar...

Kamila, se você não gostou de Napoleon Dynamite, as chances de gostar desse são bem pequenas!

Bjs e abs!