segunda-feira, novembro 10, 2008

#83 - Berlin Alexanderplatz (Parte 1 - O castigo começa), de Rainer Werner Fassbinder


O melhor presente de aniversário que um cinéfilo pode ganhar é DVD. É a mesma concepção de felicidade da criança com o brinquedo. Portanto, meu progenitor acertou em cheio ao me presentear com uma caixa contendo seis DVDs da série filmada em 16 mm mais longa da história, Berlin Alexanderplatz, contendo 13 episódios e somando algo em torno de 16 horas de projeção.

Os fotogramas originais foram restaurados com as técnicas digitais mais avançadas da indústria cinematográfica. Agora, a nossa geração vai poder conferir, sem perda de qualidade, uma das obras mais importantes do que convencionou-se chamar de Novo Cinema Alemão.

O primeiro episódio já foi. Anotei-o como número 83. Porém, agora vou esperar chegar até o último para então tecer comentário sobre a obra como um todo. O que posso adiantar é que Fassbinder não é dos meus favoritos - até por isso conheço pouco a obra dele. E sei também que a fama do cara não é das melhores: é acusado por bibliógrafos de ser anti-semita, anticomunista, arrogante e malvado com seus atores. O que, na verdade, torna Berlin Alexanderplatz mais interessante.

Voltaremos ao filme mais tarde...

8 comentários:

Kau disse...

Dudu, não sei se fez aniversário por esses dias. Em todo caso, parabéns!

E confesso: nunca ouvi falar nesta série e já fiquei curiosíssimo!

Abraços.

Kamila disse...

Concordo com você! Como cinéfila, o que eu mais gosto de ganhar de presente é DVD!

E conheço quase nada do Rainer Werner Fassbinder! Portanto, sua série de posts sobre esta série será muito informativa para mim.

Pedro Henrique disse...

Vou conhecer por aqui o Rainer Werner.

Abs!

Violinista do Cinema disse...

ahhh eu ja vi esse dvd em um site da distribuidora que eu ovu receber o siriado de "o mundo de sofia".
mto legal!
bjooo

Rafael Carvalho disse...

Pra ver esse aí precisa de fôlego viu Dudu. É quase como estar assistindo a uma série, mas do jeito paulera que os filmes do Fassbinder parecem ser. Nunca vi nada dele ainda.

Vulgo Dudu disse...

Kau, foi dia 5. Obrigado! Quanto à série, é interessante porque se trata do redescobrimento do cinema alemão, no início da década de 80. Tanto que o New German Cinema acaba, par aos críticos, quando Fassbinder morre.

Kamila, o pouco que conheço dele nem gosto tanto. Seus filmes costumam ser dramáticos demais. Vamos ver se a série muda a imagem que tenho dele.

Pedro Henrique, a cada episódio eu vou comentar um pouco sobre a série. Aguarde!

Vivi, não sabia que Mundo de Sophia havia virado seriado...

Rafael, Fassbinder é pauleira mesmo! Eu nem curto séries, mas a importância histórica e cultural de Berlin Alexanderplatz acabou me vencendo!

Pessoal, bjs e abs!

Ramon disse...

Nossa... o que é isso?
Prazer, eu sou Ramon!

Interessante, Dudu. Não conhecia nada sobre a série. Onde se encontra esse tipo de DVD?

Abs!

Vulgo Dudu disse...

Ramon, a Versátil, aquela dos clássicos, acabou de lançar uma caixa com seis discos contendo a série toda - essa que eu ganhei de presente!

Abs!