sexta-feira, outubro 24, 2008

Meme - Os 10 piores!

Esse negócio de meme está na moda! O camarada cinéfilo Sérgio, do ótimo Blog dos Cinéfilos, me passou o seguinte: listar os dez filmes que eu mais execro. Como eu até gosto de filmes ruins, mas ruins de verdade, quando não se levam a sério, a tarefa foi um pouco difícil.

Resolvi listar os dez petardos que quando viram assunto em rodas de conversa, normalmente regadas a chope, tornam a prosa tensa. As justificativas, é claro, não podiam ficar de fora! Em ordem aleatória, são eles:

1 - Crash, estranhos prazeres, de David Cronemberg
Estranho mesmo é gostar dessa obra esquisita de David Cronemberg, um diretor que na minha opinião tem altos e "valas". Essa é a vala dele. Ok, sexo desregrado é divertido. Mas cicatrizes, traumatismos e pernas mecânicas servindo de fetiche é um pouco demais. E pode confundir com aquele outro Crash, que ganhou o Oscar, pois ele é o próximo da lista.

2 - Crash, no limite, de Paul Haggis
Já comentei sobre esse filme, aqui. Orçamento milionário, atores badalados e uma enxurrada de clichês inesgotáveis. Quase tudo soa piegas e forçado nesse Crash. Não é à toa que ganhou o Oscar.

3 - Titanic, de James Cameron
Eu não vi Titanic nos cinemas porque tinha mais o que fazer. Deixei pra ver em casa, no videocassete, relaxado no sofá. Resultado: dormi nos primeiros dez minutos. Acordei no meio e o navio ainda não tinha afundado. Pedi: me acordem quando ele bater no iceberg, por favor. Fui despertado nos dez minutos finais da fita. E, impressionantemente, parecia que eu havia visto o filme inteiro! Não é à toa que ganhou o Oscar?

4 - Forrest Gump, de Robert Zemeckies
Para a opinião geral, cinéfilo que não gosta de Forrest Gump é tão ignorante quanto músico que não gosta de Chico Buarque. Perdi as contas de quantas vezes fui hostilizado por isso. Porém, essa fórmula estadunidense de produzir sucessos de bilheteria com dramalhões sobre superação de protagonistas deficientes não dá. Não mesmo! Ops: não é à toa que ganhou o Oscar?

5 - O sexto sentido, de M. Night Shyamalan
Odeio filme de fantasma. E pior que fantasma, só mesmo crianças fantasmas - elemento que, depois de O sexto sentido, foi exaustivamente explorado nas telas. Tudo um saco.

6 - O retorno da múmia, de Stephen Sommers
Eu não sei onde estava com a cabeça quando resolvi ir na onda de uns amigos e fui ver O retorno da múmia. Aquela máxima que efeitos especiais escondem falhas de direção e roteiro aqui é comprovada. Constrangedor.

7 - Jurassic Park, de Steven Spielberg
Mais chato do que dinossauros, só mesmo o ciclo reprodutivo dos protozoários. Só faltou serem inteligentes. E aí teríamos títulos como Um T-Rex da pesada, Um tiranossauro muito louco, A turma do brontossauro.

8 - Cidade dos anjos, de Brad Silberling
É quase regra: filmes com Meg Ryan não são legais. Cidade dos anjos é uma afronta ao original, Asas do desejo, de Wim Wenders.

9 - Amor nos tempos do cólera, de Mike Newell
Nem vale a pena me estender escrevendo sobre este que é um dos piores filmes que eu já vi! Tem resenha por aqui. Espinafrei mesmo.

10 - Moulin Rouge, de Baz Luhrmann
Se direção de arte bastasse para fazer um bom filme, até que Moulin Rouge seria mediano. O filme é chato e cansativo, com aquela aura de videoclip interminável da MTV. Uma mistura pop toda desengonçada. Os números musicais são constrangedores: o que é Ewan McGregor cantando?

Pronto. Como eu sei que alguns filmes supracitados são adorados pela maioria, favor pegar leve na hora de me xingar, ok? Quem quiser fazer a própria lista, fique à vontade!

15 comentários:

Kau disse...

Dudu é óbvio que gosto é gosto. Mas eu não posso deixar de dizer que, pra mim, Moulin Rouge e Forrest Gump são quase obras-primas.

Ufa! Até que enfim achei alguém que colocou Crash, No Limite na lista. Ele estará na minha tb que postarei em breve.

Abraços.

Rafael Carvalho disse...

Tá ok, O Amor nos Tempos do Cólera é um côco, O Retorno da Múmia é outro côco, Cidade dos Anjos é mais côco ainda; Crash (do Haggis), Jurassic Park e Titanic gosto, mas não faço muita questão. Mas daí a equipar esses filmes a Moulin Rouge e Forrest Gump é quase um sacrilégio, Dudu.

Forrest ganha pela simplicidade e o carinho demostrado pelo seu personagem. Moulin Rouge é contagiante do início ao fim, além de uma bela história de amor. Fiquei sem fôlego ao assistir.

Mas cada um é cada um, né...

Cecilia Barroso disse...

Eu gostei de alguns filme da sua lista.
Adorei Crash, no limite, Moulin Rouge e O Sexto Sentido.
Titanic é muito meia-boca mesmo.
Mas você não está sozinho. Também tenho uma implicância tremenda com Forrest Gump (mas adoro Chico Buarque). Acho o filme longo demais e forçado em muitos momentos.
Cidade dos Anjos é ridículo! Não tem nem comparação com Asas do Desejo. A adaptação mais absurda de todas.
Também não gosto muito de Jurassic Park e de O Retorno da Múmia, mas pelo menos me diverti um pouco assistindo-os.

Beijocas
Ju

Kau Oliveira disse...

Dudu, estou com um novo blog na área. Deixei o Cinefilando e abri o Bit of Everything (http://bitlofleverything.blogspot.com/). Seu blog já foi adicionado!

Abraços!

Sérgio Déda disse...

Tem alguns filmes na sua lista que adoro, mas eh assim mesmo hehehe
Valeu por responder ao Meme...

abraço

Kamila disse...

Como disse o Kau, gosto é gosto! Vou dizer logo que adoro "Crash - No Limite" e "Moulin Rouge!", mas entendo por quê muita gente abomina os dois filmes.

Surfista disse...

Minhas opiniões...

Eu odeio "O Retorno da Múmia" e "A Múmia". Aliás, tô pra ver um filme bacana do Stephen Sommers. Aliás, eu fui ver esse filme contigo, mas avisei que era bomba. Quem levou a gente para a arapuca???

Bom, "Moulin Rouge" é um dos raros musicais que eu gosto. Não gostava, mas passei a achar bem legal. Hoje em dia, tenho em DVD.

"Crash" é bacaninha. "Babel" tem o mesmo jeitão, mas é melhor.

"Forrest Gump" não fede nem cheira.

Surfista disse...

Antes que eu me esqueça, "Crash -Estranhos Prazeres" é ruim demais.

Vulgo Dudu disse...

Kau, eu sabia que Moulin Rouge e Forrest Gump criariam discórdia. Mas que sem graça seria o mundo se todo mundo gostasse de vermelho, certo? Aguardo sua lista!

Rafael, eu não curto histórias de superação usando deficientes como vetores de moral. O cinema estadunidense está cheio desses, e volta e meia os premia. Mas é isso mesmo, é como eu enxergo o filme. Talvez eu seja meio rabugento mesmo... rs... Até que a gente concorda na maioria, hein?

Cecilia, que bom saber que não estou sozinho quanto ao Forrest! Pelo menos nisso a gente concorda, já que você gosta de Chico Buarque... rs...

Sérgio, eu que agradeço pelo convite!

Kamila, eu quero ver a sua lista! Você já fez? Se tem uma blogueira com opiniões bem equilibradas, essa é você.

Dougra, meu caro, é verdade! Você estava no cinema. Acho melhor que apaguemos dos nossos HDs essa desventura. E mais: você também estava na sessão de vídeo do dito Crash, estranhos prazeres, lembra?

Pessoal, é isso aí. Celebremos a diversidade blogosférica! Bjs e abs!

Kamila disse...

Dudu, ainda não fiz minha lista, mas já passaram a corrente para mim e deverei fazê-la em breve.

Pedro Henrique disse...

Eu não vi "Moulin Rouge" e nem "Estranhos Prazeres". Mas só acho o filme do Mike Newell decepcionante.

Abraço!

maria disse...

Não conseguiria fazer uma lista destas. É claro que tem coisas aí que concordo e discordo... algumas não vi (como os Crash's) e outras nem passarei por perto (Múmias e afins).

Então, algumas observações: dormi em Um outro dia para morrer. Odiei Love Story, com todas as minhas forças e não sei como aquilo pode fazer tando sucesso na época. Acho que era muita droga na cabeça das pessoas.

Também detestei Alfie... em geral, acho chato filme em que o personagem principal fala com quem está assistindo. Mas o mais curioso é que vi primeiro a versão nova, achei ruim, e depois a com o Michael Caine, que amo de paixão. Olha, a antiga consegue ser pior.

Vulgo Dudu disse...

Kamila, aguardo a sua lista!

Pedro Henrique, eu sabia que a mairoia dos filmes que coloquei aqui são queridos por muitos cinéfilos. Mas eu estou sendo sincero... rs...

Maria, sabia que eu nunca vi Love story?! Mas por que você não tenta fazer uma lista? É um exercício criativo de memória bem divertido! Faça uma e me chame pra ver como ficou!

Bjs e abs!

Maria disse...

Sei não... esse negócio de lista não é muito comigo. Talvez eu invente uma, tipo: lista dos filmes que vi repetidas vezes na pré adolescência, :)

Na boa, Love Story é horroroso! Não perde tempo não.

Bruno disse...

graaande dudu. boa lista, justificativas excelentes. so mudaria moulin rouge pro topo da lista. nunca dormi tanto e com consciencia tao tranquila num cinema...