segunda-feira, junho 30, 2008

#53 - Um corpo que cai (Vertigo), de Alfred Hitchcock


Assistir a um filme de Hitchcock é sempre garantia de entretenimento com aquele algo mais que o cinema pode proporcionar. O cara era mestre. Recentemente, Vertigo foi escolhido pela American Film Institute como o melhor filme de suspense de todos os tempos.

O roteiro conta a história de um policial que, após testemunhar a morte de um colega, desenvolve acrofobia. Na linguagem corriqueira: medo de altura. Afastado das atividades investigativas, ele é contratado por um amigo para perseguir sua esposa, que anda tendo surtos psicóticos. Porém, acaba se aproximando demais da moça... E aí... Bom, e aí... Se eu contar mais acaba a diversão de vocês. Sim, porque uma das graças dos filmes de Hitchcock é justamente ir montando o quebra-cabeças aos poucos.

O uso da cor, que lá nos idos de 1958 ainda era uma novidade, aqui é completamente bem empregado. Diferentes tons são usados para compor o clima da trama. A fotografia não fica para trás: o diretor consegue enquadramentos inesquecíveis da bela São Francisco, com sua imponente e soturna ponte Golden Gate. A trilha sonora, sempre precisa nos suspenses de Hitchcock, cumpre o seu papel com brilhantismo.

Porém, o grande trunfo é mesmo a maneira como a vertigem do protagonista é retratada. Usando simples técnicas de filmagem, sem efeitos mirabolantes, tem-se a exata noção de atordoamento e angústia do pobre protagonista - pontos cruciais para o entendimento da obra.

Vertigo (prefiro chamar assim, ao invés de Um corpo que cai...) é uma obra densa, com certo tom de morbidez. Porém, ainda assim, é entretenimento garantido! Um tipo de cinema que deixa saudades.

8 comentários:

Rogerio disse...

Isso memso Dudu, deixa saudades. Nao consigo imaginar, como uma filme simples daquele jeito, possa causar tanto impacto até hoje.
Fico imaginando a reaçao das pessoas com o desfecho do longa, na época do lançamento... devi ser um lance descomunal.
Aliás, esse filme tem um dos finais surpresas mais interessantes da história, além do clima noir.

Abraço!!

Surfista disse...

Muitos preferem "Psicose", mas eu acho "Vertigo" o melhor filme do Hitchcock. É um espetáculo de filme!

Kamila disse...

"Vertigo", realmente, é um título melhor que "Um Corpo que Cai". E este é um filmaço, digno mesmo de ser considerado o melhor filme de suspense de todos os tempos, de acordo com o AFI.

Sérgio Déda disse...

Outro grande filme de Hitchcock, mas ainda prefiro Janela Indiscreta nessa parceria com o Jimmy Stewart... além de considerar como o melhor filme do diretor a q assisti..

vlws

Célio disse...

Concordo contigo, cara. Vertigo é um dos melhores filmes do Hitch e um clássico genuino do cinema. A maneira como a trama é conduzida por ele nenhum outro cineasta poderia fazê-la ou refazê-la, já que toda vez que alguém ousou refilmar suas obras (Gus Van Sant em Psicose é o melhor exemplo) fracassou vergonhosamente. Isso sem falar na ótima trilha de Bernard Herrmann, especialmente na cena em que...Bem, como vc fez antes, não contarei mais detalhes. Mas realmente é uma delícia ver esse filme, uma jóia rara.

Vulgo Dudu disse...

Rogerio, os filmes do Hitchcock deviam ser impactantes demais! Imagine a força das cenas de Psicose?

Dougra, eu ainda prefiro Festim diabólico, mas é esse é primoroso também!

Kamila, no DVD tem um minidoc bem bacana que mostra o porquê da escolha da AFI... merecidíssima!

Sérgio, como comentei ali em cima, eu prefiro Festim diabólico!

Célio, normalmente essas refilmagens nunca dão certo...

Bjs e abs!

Pedro Henrique disse...

Esse fim de semana aluguei "O Homem que Sabia Demais", no próximo pego "Vertigo". Falta pouco para completar a filmografia de Hitchcock.

Abraço!!!

Surfista disse...

Cara, que diretorzaço! Percebeu como várias pessoas têm seus respectivos preferidos em sua filmografia e todo cobertos de razão?