domingo, novembro 25, 2007

#84 - Blades of glory, de Josh Gordon e Will Speck

Eu sempre achei patinação artística um evento estranho. Aqueles figurinos, as músicas, piruetas, sorrisos... Depois que o esporte virou atração dominical na televisão, e pior, com celebridades, aí mesmo que passei a achar insuportável. Em "Blades of glory", toda essa conotação "artística" é levado ao extremo, em uma divertida comédia com dois dos melhores atores do gênero em atividade: Will Ferrell e John Heder.

O filme conta a história de dois patinadores rivais, um sensível e o outro ninfomaníaco, que são banidos da disputa individual da modalidade após uma briga. A solução para voltarem à ativa é disputar os campeonatos como uma dupla. O argumento fica completamente em segundo plano, pois o figurino, a trilha sonora e as coreografias são incríveis.

A dupla de diretores, oriundos do filme publicitário, suaram a camisa para pôr em prática suas idéias. Assim como as celebridades dominicais, Ferrel e Heder foram postos à prova por profissionais da patinação. Heder, inclusive, quebrou o tornozelo durante as filmagens.

O desfecho é ridiculamente sensacional e os extras chegam a ser mais engraçados que o próprio filme.

Um comentário:

Kamila disse...

Ah, eu adorei o exagero desse filme. A maneira como retratou o mundo da patinação artística. Dei ótimas risadas.