quinta-feira, setembro 06, 2007

#54 - Dummy, de Greg Pritikin


Comédias românticas, na maioria das vezes, metem medo. Medo do roteiro, da direção, das atuações e, principalmente, dos desfechos.

Nada de novo por aqui. Trata-se da história de um sujeito tímido, daqueles personagens clássicos, desajustado socialmente, que abandona seu emprego para realizar o sonho de ser ventríloquo. Ele se apaixona por sua conselheira profissional e, utilizando-se do discurso do seu boneco, passa a ganhar confiança. Ou seja, nada de novo mesmo. O que prendeu minha atenção em "Dummy" foi o elenco.

Aí você pode pensar: ah, sim, o elenco, com Adrien Brody (aquele que ganhou o Oscar com "O pianista"). Porém, quem rouba a cena é Milla Javovich, mesmo em um papel pra lá de coadjuvante. Foi ela quem me manteve de olhos grudados na tela até o fim, interpretando a líder de uma banda de rock que, repentinamente, muda o repertório para música judaica só para conseguir tocar em um casamento. Sensacional!

Podia ser pior, né? Imagina se fosse com a Julia Roberts?

2 comentários:

Happy Pills disse...

Ah, tu és jornalista? Putz... Bem-vindo ao clube.

E, sobre as comédias românticas... Minha preferida é Bridget Jones. Adoro a Renée Zellweger!

E o humor inglês é infinitamente melhor que o humor americano. Adoro piadinhas ácidas.

Beijo, moço.

A Especialista disse...

Qual o problema com a Juju?? hehehehehe. Eu gosto da Milla. Mas me diga, vale mesmo a pena assistir??

bj´s