segunda-feira, maio 28, 2007

#29 - Obrigado por fumar (Thank you for smoking), de Jason Reitman


Um filme sobre a indústria de cigarros em que não há nenhuma cena de fumantes, nem fumaça, nada disso. Pode? E se pode. A falta de baforada em "Obrigado por fumar" é quase proposital. Não se trata de um filme somente sobre a ardilosa indústria do cigarro. É, também, uma ode à retórica a oralidade e ao discurso autorizado.

Aaron Eckhart, o galã de filmes independentes estadounidenses, interpreta com maestria o falastrão Nick Naylor, vice-presidente e porta-voz de uma compnahia que estuda os males que o cigarro provoca nos fumantes. Ele participa de programas de TV, debates políticos e faz lobby segundo os interesses das indústrias de tabaco. A sua vida começa a mudar quando um senador, o excelente William H. Macy, começa uma cruzada contra o fumo.

O filme é bom porque não faz você ficar com raiva de cigarro. Nada disso. A idéia aqui é vibrar com os truques oratórios, quase sofistas, com os quais o protagonista defende sua empresa, mesmo sabendo que está errado. Não podia deixar de ser assim: os diálogos são maravilhosos! Principalmente os que envolvem Naylor e seu filho.

De quebra, Rob Lowe interpretando um representante de atores hollywoodianos, em uma atuação que lhe tomou apenas um dia de trabalho.

Um comentário:

Anônimo disse...

nossa já vi a tanto tempo...
podes crer Rob Lowe...
diálogos sensacionais mesmo!
quero ver de novo...
bjks