segunda-feira, abril 02, 2007

#25 - Os garotos perdidos (The lost boys), de Joel Schumacher


Joel Schumacher é um dos diretores mais chatos que eu conheço. Dos diversos filmes que ele realizou, apenas dois se salvam. Um deles é "Um dia de fúria", com Michael Douglas. E o outro, é esse aí ao lado, clássico da Sessão da Tarde, ícone de uma geração, "Os garotos perdidos"- revisto agora em DVD duplo, com direito a documentário e making of.

Taí uma mistura que poderia dar errado: Schumacher, jovens e vampiros. Mas deu certo. Em grande parte pelo elenco, que reunia os prediletos da juventude do final dos anos 80: a dupla de moleques Corey (Feldman e Haim), Jason Patrick e o vilão, de sobrancelhas envezadas e cara de mau, Kiefer Sutherland.

O filme é recheado de clichês... mas e daí? É divertido!

A trilha sonora, a caracterização dos vampiros, a locação litorânea com parque de diversões e o clima de suspense valem a pena. E as referências também, entre elas: o cachorro da personagem de Corey Haim, um husky siberiano, que se chama Nanook, homenagem ao primeiro documentário da história do cinema; os irmãos caçadores de vampiros que se chamam Edgar e Allan, em alusão ao escritor Edgar Allan Poe.

Para ser visto e revisto, inclusive para ficar sabendo das curiosidades acerca do filme. Como por exemplo, essa aqui: uma seqüência chegou a ser escrita, mas nunca produzida. Ia se chamar "The lost girls".

2 comentários:

Madame B. disse...

Clássico. E os personagens nem levam tanto ao pé da letra a lenda mais conhecida de Drácula...

Surfista disse...

Adoro esse filme. No quesito "vampiros dos anos 80", só perde para o humor-negro e charme de "A Hora do Espanto". Joel Santana, quer dizer, Schumacher é bem mala mesmo. Dele, eu gosto de "Linha Mortal".

Ah, "Garotos Perdidos" é um dos filmes que melhor representa as roupas bregas, os cabelos armados e o jeitão mullet de ser da garotada 80.