segunda-feira, fevereiro 19, 2007

#16 - Napoleon Dynamite, de Jared Hess


Está escrito na lombada da caixa que o filme é uma comédia, apesar da recomendação para maiores de 14 anos por causa de violência e palavrões. A verdade é que "Napoleon Dynamite" entra no seleto hall de produções inrotuláveis. É divertido, sim. Mas é ácido também.

As feridas estão todas lá, expostas. Seja no figurino meio retrô, ultrapassado, fora de moda, ou nos diálogos surreais, banais, surpreendentes. A história de um nerd que sofre bulling dos colegas de colégio e é constantemente aviltado pela família igualmente esquizitona não é novidade alguma. O que este filme tem de diferente é o clima. A luz, a montagem, a trilha sonora repleta de flash house, as atuações e a irritante caracterização do excelente Jon Heder, que protagoniza o papel-título.

O mosaico de personagens é tão rico e saboroso que as piadas acabam ficando em segundo plano. Nota-se perfeitamente que é uma comédia, mas o riso fica meio contido. Inclusive na seqüência final, inesperada, ótima, que em outros filmes de temática igual rendeu risos contorcionistas e histeria coletiva.

Filmado em apenas 22 dias - como o cinema independente e de boas idéias deve ser - e apesar de ter cativado a platéia estadounidense, é diversão para poucos. Longe da nossa realidade. Excelente, mas para poucos.

2 comentários:

A Especialista disse...

SIm, sim, para aqueles que não criam expectativas nem preveem o que vai ser o filme.
Chega a incomodar a caracterizaçao do Jon. Uau. Eu vi!

Jovem disse...

SENSACIONAL!!! MUITO FELIZ POR VOCÊ TER CONSEGUIDO VER, TRISTE POR NÃO TER ME LIGADO PARA CONTAR!!
Tem a abertura que acho brilhante!
Agora quando quiser te empresto a camiseta "VOTE FOR PEDRO".
Pedro, é demais! A cena que raspa a cabeça então...
Figurino foda, trilha foda!!
Tio foda, irmão foda, namorada do irmão melhor ainda!
Precisamos assistir agora com Jon e Billy Bob, "School for Scoundrels"!!
beijos